Cineasta amador gravataense Carlos Farias lança 4º filme “A Maldição do Ferreiro”

Todos os filmes com características de longa-metragem, contam histórias que aguçam o imaginário popular, sempre com pitadas de humor, fatos reais e tragédias. CONFIRA ABAIXO:
Parte do elenco reunido durante o pré -Lançamento A Maldição do Ferreiro

Parte do elenco reunido durante o pré -Lançamento A Maldição do Ferreiro

 

Um pouco da sua história

Filho de pais agricultores gravataenses, José Inocêncio de Farias e de Amélia Tavares, o cineasta amador Carlos Farias, é um autodidata sem formação superior, ou qualquer curso de roteirista e cinema, ele aprendeu sozinho através do amor pelas artes visuais  e cênicas  à escrever os roteiros, a produzir as cenas, cenários, de tudo ele faz um pouco.
Tudo começou a 20 anos atras, quando resolveu comprar uma câmera analógica VHS – amadora e se aventurou no primeiro filme- longa metragem “O Preço da Ignorância” onde se revesava como cinegrafista, ator e produtor/roteirista, contando a história com fato em relatos reais entre brigas de  irmãos por partilha de bens herdados. 
Sem recursos financeiros, tanto o primeiro filme como os três últimos finalizados, entre eles: Valentim sangrento; O Perfil de um Crime, e o que acaba de ser lançado no canal do cineasta no Youtube “A Maldição do Ferreiro” são produzidos com o esforço e economias pessoais, e o elenco composto por atores amadores, com experiência como é o caso do ator e humorista Luiz Martins, fazem por amor e sem receber cachê – voluntários e figurantes, familiares que participam e sonham junto com o cineasta.
Crédito/Foto pessoal

Crédito/Foto pessoal

 
CENÁRIOS 
A natureza do Agreste e a vegetação da caatinga, dos Sítios da redondeza do Valetim em Gravatá é o Cenário do ultimo filme, foi lançado  nesse mês de janeiro em seu canal no Youtube Luiz Carlos Farias, conta a narrativa de uma literatura do cordel, entre a peleja do bem e o mal, que tem como personagens principais, representando o Diabo, o ator Luiz Martins e o Ferreiro, interpretado por Aldo Bernardo. 
Aproximadamente são 30 pessoas envolvidas, entre elenco, figurantes e a equipe técnica, desde maquiagem a direção de fotografia. Todos os filmes com caracteristicas de longa-metragem, contam histórias que aguçam o imáginário popular, sempre com pitadas de humor, fatos reais e trajédias.   Todos os filmes  estão disponíveis em seu canal no Youtube. 
Carlos Farias, busca o reconhecimento como artista e apoio para dar continuidade a sua obra, fazendo o que gosta que é transformar histórias em imagens. Atualmente não tem nenhum patrocÍnio ou incentivo cultural. 

“Faço tudo, com poucos recursos técnicos, é apenas minha câmera, e “eu”  atualmente semi-profissional AVCHD sem equipes de edição, e uma extrutura pequena, com o apoio dos meu amigos. Gostaria que alguém, que pudesse me ajudar, ou empresa que me insentiva-sse a ir mais longe” enfatiza Carlos Farias.

 Quem quiser saber mais do cineasta amador Carlos Farias, entra no canal do Youtube  ou pode entrar em contato via whatssap através da filha Michele Farias pelo: (81) 9493-814 

Confira o vídeo abaixo:

https://youtu.be/Y9dFI56SFoc

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>